sábado, 30 de outubro de 2010

Tempo

Tudo começou naquela sexta-feira,quando você me pediu um tempo.Tentei reagir naturalmente.Beleza,tenha o tempo que você precisar.Você deve ter pensado que eu sou uma mulher equilibrada,madura,etc,etc,etc...
Se você tiver mesmo pensado isso,sinceramente,você não entende nada de mulher.
Foi tudo teatro meu filho,eu tava péssima.Eu tava querendo me jogar da janela do meu prédio e fazer o restante do mundo ficar infeliz como eu.
Só não me matei porque eu não nasci pra me suicidar por um cretino de 23 anos,que me dá um pé-na-bunda numa sexta-feira à noite,depois de uma semana estressante.
Olha,agora eu quero mesmo é que você vá.
Isso mesmo,vá com Deus,eu te dou isenção da minha companhia,você tá oficialmente desobrigado de me amar,procure outra,outras,ou outro,vai saber,né?
Agora tem uma coisa,deixa eu viver a minha vida sem o teu fantasma.Eu não quero passar os meus dias esperando uma decisão ou qualquer coisa do tipo.Tempo?Isso não existe no meu dicionário.Se tu não me quer mais,pula fora,arrebanta logo a corda,cara!
Nada de me deixar suspensa na tua vida como se eu fosse um fantoche.
A vida é simples e eu te garanto que eu sou mil vezes mais.
Quem quer,fica.Quem não quer,vai embora.
Agora,vá com tudo,leve tudo que é seu,não deixe nada que prolongue meu luto,nada que faça meus olhos chorarem mais ainda.Honre nossa história,não faça eu me arrepender de ter te colocado na minha vida,porque eu não quero me arrepender de nada.
E eu odeio despedidas,principalmente quando você tem que se despedir várias vezes da mesma pessoa,isso pra mim é masoquismo.
Então,se você quer ir,se apresse,vá agora mesmo!
Tamillys Camilo

9 comentários:

  1. nossa, jurava q era a msm pessoa no layout rsss mto bom o seu blog rsss visite-nos e comente tmbm, veja os videos q produzimos

    http://mikaelmoraes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Texto de dor de cotovelo. Pé na bunda > teatro de "tudo bem" > depressão pós teatro > recalque.
    Quando acontece isso quer dizer que ama a pessoa e dificilmente irá esquecer.

    http://umdiaentenderei.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Eu sou sua eterna fão tami...! Jú

    ResponderExcluir
  4. que texto... aff sempre é assim quando amamos alguém, pé na bunda, tempo...
    mas as melhores pessoas estão ao nosso lado.

    ResponderExcluir
  5. ahhhhhhhh!!
    mtu bacana o post!
    pooxa, fala sério.. entrem no meu último post e verão pq eu to tão pasma! aaushuahsua
    acho que a mesma inspiração que passou pela mente de vcs também visitou a minha! auhsuahushau
    ^^
    Mtu bom o blog! parabéns!!!

    ResponderExcluir
  6. Oi amiga, esse é o meu novo endereço, Fabiane Aline será fechado. Me segue lá:
    http://embuscadasensibilidade.blogspot.com/
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Vocês sempre falam sobre amor?
    Que lindo, eu gostei. Eu nunca falei sobre isso no meu blog, mas acho que é porque eu não consigo falar daquilo que não entendo.
    Parabéns aí.
    Eu só comentei nesse post, mas eu gostei dos outros tambem. lindos

    beijo ♥

    ResponderExcluir
  8. Olá, tudo bom? Vi seu blog na comunidade "Mania de ESCREVER" e achei muito interessante. Comecei um blog tbm, se puder e não for pedir muito, de uma passadinha no meu? http://cabecafeminina.blogspot.com/ Muuito obrigada e parabéns pelo blog!!!!

    ResponderExcluir
  9. Oiii seu blog está lindo! Adorei!
    Ótimo texto Amanda. A dor do desapego é grande. Só conhece quem já passou por isso. Eu não posso dizer com propriedade...mas acho que quando acaba é melhor a pessoa sair de cena totalmente.

    bjuss

    ResponderExcluir

Comentem,comentem,que a gente adora ler o que vocês acham...